Seguidores

Loading...

sábado, 15 de outubro de 2011

A BOIADA

imagem do google



Num tempo não tão distante, a boiada andava quilômetros e quilômetros guiada pelos boiadeiros, distribuídos de forma estratégica pelas laterais, retaguarda e na frente do rebanho para que o animal não se desviasse do caminho.
À frente da boiada vinha um peão montado num cavalo cuja cabeça do animal exibia uma boneca enfeitada, abrindo alas para o rebanho passar. Era o máximo para a gurizada. As crianças ficavam extasiadas ao ver naquele animal um sino que tilintava a todo instante produzindo um som agudo.
Os vaqueiros, por outro lado, tocavam seus berrantes cujo som poderia ser ouvido a uma distância de 3km e se assemelhava a um extenso pluuummmm, no entremeio gritavam: Auê-uê-uê-ê boi e a boiada seguia caminho.
Dia de boiada, como era chamado nas cidades por onde ela passava, era como se fosse festa. Todos se preparavam para vê-la surgir ao ouvir o som do berrante.
As donzelas do lugar corriam para a janela, não para apreciarem a boiada, mas para ver os boiadeiros que trajados, a caráter, faziam seus corações palpitarem.
Passava a boiada, passavam os vaqueiros e a moça sonhadora ficava a sonhar.
A meninada curiosa, em pé,  na calçada e ramos de mato jogava no gado para vê-lo assustar. Era uma festa que enchia de graça o olhar inocente da criançada deslumbrada com aquele mar de boi que seguia para a malhada.
Quando o último boi passava com os vaqueiros gritando Auê-uê-uê-ê boi,
Auê-uê-uê-ê boi...  A garotada corria atrás como se quisesse dizer: não, não vai embora, fica mais um pouco para nos agradar. E lá se ia a boiada! O consolo era esperar a semana seguinte para que tudo se repetisse e a alegria da aventura viesse tanto aos corações da meninada como das donzelas sonhadoras.
      Bons tempos em que o boi da cara preta não metia medo ao menino, mas divertia-o com o som de suas pisadas como na cadência de um samba!

39 comentários:

Vera Lúcia disse...

Olá Tunin,
Achei um encanto a sua forma de descrever o texto. Foi tão leve e claro que o cenário se desenrolou em minha mente. Perfeito!
Tenha um excelente final de semana.
Grande abraço.

Evanir disse...

Hoje estou passando para desejar
um feliz final de semana.
Deixar um carinho meu como
sempre tento fazer sempre.
Em cada blog onde encontrei carinho
e amizade sincéra.
O amor por você nasce desse contato
simples que sempre tento passar .
Gosto de ver você no meu blog ,
mais sei que nem sempre é possivel.
Graças a Deus você tem uma infinidade de amizades.
Bjs,no coração e na alma.
Evanir.
Um feliz dia do professor
caso ñ for essa sua profissão
não importa um dia todos nos tivemos um.

Nuvembranca disse...

Belíssimo texto! Saudade Tunin.

✿ chica disse...

Simplesmente um encanto essa boiada que vi, na imaginação, ao te ler, passar aqui na minha frente.


Lindo, bem descrito e tão mágico e doce! Adorei,Tunin! Um abração, parabéns e aquele procedimento se´s dia 27..Conto contigo! chica

Josiana Leite disse...

Bom conhecer, ótimo texto.
abraços
josiana leite - Decorafino

Vinicius.C disse...

Olá meu grande amigo!

Sempre bom demais ler você rapaz!

Venho deixar o meu abraço e espero que já esteja novo?

Um ótimo fim de semana!

Denise Rodrigues disse...

oie...gostei do seu blog,muito bonito.. estou começando agora a escrever, desejo seguidores e em uma pequena audácia leitores,rsrs.. sempre vou retribuir comentários e visitas... as palavras me movimentam.. agradeço se me seguir,eu sigo de volta! bjs e abraços!

Amapola disse...

Boa noite.

Feliz dia dos Professores.

Um grande abraço.
Maria Auxiliadora (Amapola)

Maria Luiza disse...

Tunin,estou aqui maravilhada com seu texto perfeito, exato, contando tudo certinho. Meu tio foi boidadeiro e era muito vaidoso nos trajes, nas bombachas com casinha de abelha, botas brilhando, cinturão, enfim tenho um post onde tem a foto dele com o carro de boi. Nessa foto ele nãoo estava trajado assim. Ele trajava quandoo ele llevava a boida ou ia buscar. Amei! bjbj!

SOL da Esteva disse...

Tunin

Quase ternurenta a forma de exprimires esta magia que outrora era repetida semana a semana.
Relato muito consistente e a chamar as nossas memórias.

Abraços

SOL

soninha disse...

Uma delícia o que pude ver...abçs

Anne Lieri disse...

Tunin,que texto encantador!Uma volta no tempo,nas cidades interioranas,as pracinhas...gostei demais!Bjs,

GRAÇA disse...

Tunin tenho muito prazer de ter um amigo tão especial ame comentar ,uma pessoa que escreve da maneira como escreve se dando ao trabalho de vir visitar uma gatinha que faz as entrevistas e algumas brincadeiras com seus amigos..
Tudo bem com o meu amigo de coração?
Desejo uma boa semaninha
Turrinhas carinhosas e beijitos da mami
Graça e Kika

Carla Fernanda disse...

Voltei fostosamente no tempo Tunin!!
Beijos!!
Carla

Pepi disse...

Olá Tio Tunin,
Passamos para retribuir a sua visitinha e carinho, sempre
Tenha uma ótima semaninha e tudo de bom.
Lambeijos e Ronrons de
Pepi e Xixo

Denise Rodrigues disse...

obg benizinho pela visita e pelo comentario.. bjs

Toninhobira disse...

Pois bem Tunin, eu vivi esta emoção lá pelas Minas tão Gerais,mas lá tinhamos a crença, que quando a boaida passava a gente jogava sal no fogo, que faria a boiada espalhar.Eita criançada levada.
Mas nade boi espalhar e a mãe a xingar,kkk
Belo texto, bela lembrança.
Tenho estas imagens vivas.
Uma bela semana e muita paz e saude.
Meu abraço.

Vivian disse...

Olá,Tunin!!

Belo texto!!!Meu sogro teve esta vivencia, e sempre faça disso com muita saudades!!!
Beijos!!
Tudo de bom pra ti!!

Angel@ disse...

Olá, Tunin! Fiquei encantada com seu espaço, repleto de sensibilidade e muita paz! A imagem dessa boiada me fez recordar da minha infância vivida no campo, quando sempre encontrávamos uma boiada no caminho para a escola. Ainda vivo no campo, mas hoje esta cena não se repete com tanta frequência. Gostei muito de tudo por aqui. Que Deus o abençoe sempre!
Abraços,
Angela

Ficarei contente com sua visita em meus cantinhos também:
nospassosdejesusamor.blogspot.com
docessonhosdepapel.blogspot.com

Anne Lieri disse...

Tunin,passando para reler seu excelente texto e desejar uma ótima semana!bjs,

。♥ Smareis ♥。 disse...

Oi Tunin que lindo a forma que você descreveu.Acredito que no interior do país ainda existe essas boiada levada pelos peões. ótimo começo de semana. Abraço meu amigo.

Carla Fernanda disse...

Tunin boa tarde amigo!!

Su disse...

Tunin, que encantador seu texto, foi ler e imaginar cada cena, cada passo dessa boiada...

Sabe, lembrei daquela música famosa por aqui "O menino da porteira", lembro que eu era bem pequena e meu pai amava ouvir essa música... até hoje quando ouço meus olhos viram mar...

Um abraço moço querido! E feliz dia do Professor atrasado... mas andei fora dos "blogs" esses dias, muito trabalho!!!

Su.

RECANTO DOS AUTORES disse...

Oi Tunin! Tem texto seu no Recanto hoje tb!Obrigada!Bjs,

Kippy Marrie disse...

Olá amigo Tunin tudo bem? Eu estou bem e de volta a São Paulo mais feliz ainda. Passei a semana das crianças na casa de meus queridos avós. Mamãe colocou algumas fotos no meu bloguinho.
Boa semana e fique com o Papai do Céu.
Aus 1000 da amiguinha doguinha ...

KIPPY

Vera Lúcia disse...

Olá Tunin,
Passando para desejar-lhe uma boa-noite.
Abraço.

BlueShell disse...

Consigo imaginar através do etu texto.
Houve, há algus anos, uma novela "pantanal" - me fixei nela pela beleza das paisagens e pelos boiadeiros...

Gostei...
Bj

PRECIOSA disse...

Passando para agradecer sua visita
Parabéns, pela fantastica escrita
Senti que estava vivendo no cenário,
descrito por ti.
Que seu dia seja regado de muita paz

Abraços
Preciosa Maria

Vivian disse...

Olá,Tunin!!

Deixo um beijo e agradeço pelo carinho!!
Tudo de bom pra ti!

Camila O. disse...

Meio regionalista, folclórico, não sei. Parece-se com o estilo dos escritos pré-modernos. Admirei!

Curti a imagem do "pocotó". *.* Adoro esses lindos. :)

Carla Fernanda disse...

Tunin boa tarde!
Beijos e obrigada pelo carinho!!

Anne Lieri disse...

Tunin,passando para agradecer suas gentis visitas e deixar um beijo!Tenha um lindo dia!

Vivian disse...

Oi,Tunin!!

Tenha uma ótima quinta!
Beijos pra ti!

Vinicius.C disse...

Olá meu grande amigo Tunin!

Que vc tenha uma ótima tarde!

Estou esperando por vc no Alma!

Suzane Weck disse...

Linda,muito linda esta postagem;principalmente para uma gaucha como eu,toca fundo no coração.Grande abraço.

Joana disse...

Oi, Tunin. Gostei muito do seu blog. Essa postagem sobre a boiada é ótima. Muito obrigada por seguir meu cantinho. Queria te convidar para conhecer meu outro blog também:
entresonhos2.blogspot.com
Ficarei feliz com sua visita!
Fique com Deus!
Abraços,
Joana

Daniele Barizon disse...

Tantas coisas lindas, do ontem, tão mais belas do que hoje, não? às vezes precisamos resgatar certos valores, amigo!

Bjs!!

Evanir disse...

Hoje minha visita é para anunciar
uma novo circulo de minha vida.
Continuarei com as homenagens
que é a razão do blog (A VIAGEM)
A imagem escolhida por mim no novo visual
tem tudo a ver com o futuro, não só do blog,
mas da surpresa que a qualquer
momento será anuciada no blog.
Hoje sou parte da vida de cada
pessoa amiga e tão amada por mim,
também sou membro do Clube dos Novos Autores.
Com muita alegria convido você a paricitipar com
todos nós do clube também.
Minha Viagem prossegue amando e acarinhando todas
minhas lindas amizades.

Deixando um pedido muito importante para mim.
Eu não estou deixando vocês ,
E sim, entrarei na casa de cada um de vocês.
Conto com o carinho de sempre em meu blog,

Esteja comigo como sempre estiveram
Deus estara com você e comigo.
Segure nas mãos de Deus e na minha e vamos nessa
Deus já abençoou.
Com carinho.
Um feliz final de semana beijos.
Evanir

✿ chica disse...

Oi,Tunin...
Vim te ver! Tudo bem?

abraços,lindo fds,chica