Seguidores

Loading...

domingo, 16 de setembro de 2012

NO QUINTAL DE MINHA AVÓ




Tinha porco, tinha galinha,
O vermelho galo major,
Com sua crista aplumadinha,
Conquistava a carijó.

Logo cedo pela manhã,
Era uma festa sem igual.
A minha avó anciã,
Com seu milho habitual.

Lançava sobre os animais.
Aquele alimento matinal.
Todos comiam, como a rituais,
Numa concorrência geral.

Vovó ficava no meio,
A controlar a bicharada,
Parecia um pagodeio,
Em engraçada batucada.

Tangia um bicho para lá,
Para que outros pudessem comer,
Mas ele retornava pra cá,
E via vovó embravecer.

A galinha a outra bicava,
Invadindo a confusão.
Ela apenas desejava,
Garantir o seu quinhão.

A gente da janela assistia,
Aquela cena genial.
A vovó de saia rodopia,
Era um belo festival!

São lembranças de criança,
Que o tempo não apaga.
Como é bom a bela infância,
Com uma vovó que nos afaga.

79 comentários:

✿ chica disse...

Que lindas recordações e deu pra ver da janela essa cena junto contigo.Linda descrição do local e cena!!
Adorei! abração,linda semana,tuuuuuuuudo de bom,chica

Majoli disse...

Saudades de você Tunin!!
Que deliciosos versos, viajei no tempo...também eu vivenciei isso.
Qiantas saudades!!!
Abraços.
Vê se não some tanto.

Rita disse...

Meu querido amigo essa poesia da uma
saudade danada do sitio e da vovó
que coisa boa nossa hj fica só as belas lembranças.

Quanto ao doce de jiló, e´com folhas
de figo mesmo, pq deixa saboroso e sem o gosto dele, parece figo depois de pronto.....Mas acho que nas feiras livres vc consegue as folhas
Abraços
Rita!

Maria Emilia Moreira disse...

Olá amigo!
Que bela recordação de infância. Que saudades e que alegria, pois nota-se que foi muito feliz. Um grande abraço.
M. Emília

Jesus te ama! disse...

OLÁ AMADO MAS UMA VEZ QUERO PARABENIZAR PELO LINDO POSTPOR INCRIVEL QUE PAREÇA QUANDO EU ERA CRIANÇA NASCI EM UM LAR ONDE MEU PAI CRIAVA GALINHAS ,PATOS, E PERU, , PORCOS E CABRITOS ERA UMA LOUCURA KKKK DEU SAUDADES DAQUELES TEMPINHOS AO LER SEU POST ABRAÇO E BEIO NO CORAÇÃO♥♥♥♥♥♥♥♥

Daniel Costa disse...

Tunin

Uma vez que até aos vinte ano vivi no ambinte (tenho no curriculo ter sido guador da patos e porcos). Por força, achei o poema genial. Isto porque, nele bem traçada uma realidade.
Reportando-me ao meu AVC, de estimação, estar vivo é um acto de hericidade!!!
Segundo relátório, do hospital, se escapasse ficaria a vegetar o resto da vida.
Como se vê, não aconteceu!
Um grande abraço

http://amornaguerra.blogspot.pt/

















































































































































Milton Kennedy disse...

Saudações Tunin, lendo seu poema também fui recordando minha avó. Parabéns pela inspiração.
Abraços, saúde e paz interior.

Pequeno Príncipe disse...

Tunin, muito bom ter você por aqui! Recordei o sítio da bisa do Pedro era bem assim, tinha galinhas, patos, porcos,cavalos e vacas! Pena que Pedro não conheceu o sítio!
Adorei o poema!
Saudades amigo!
Pedro e Amara

Palavras disse...

Olá,

o seu poema me lembrou sim o quintal de minha avó...
Éramos tão felizes, com tão poucas coisas.
Bons tempos!
Lindo poema!

Abraços

Leila

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Que bom que você está de volta, Tunin
Desejamos a você uma abençoada semana
e tudo de melhor
Obrigada pelo seu carinho, sempre
Um grande abraço de
Verena e Bichinhos

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Que bom que você está de volta, Tunin
Lindas recordações da infância!
Tempos bons que não volta, mais
Desejamos uma abençoada semana
Um grande abraço de
Verena e Bichinhos

MARILENE disse...

Tunin, a cena me é familiar e já me havia esquecido dela (rss). Quantas imagens da infância guardamos! E lamento que as crianças de hoje não as possam vivenciar. Abraços

Patrícia disse...

Que lindo Tunin e que meigo! Boas lembranças de sua infância e de sua vozinha.
Obrigada por sua linda visita!

PS.: Tenho certeza q vi seu cavalo passeando pelos blogs de amigos em comum,do Felis, do Pedro príncipe, do Antonio valente, do Milton, da Rita q esta aqui e outros q não to lembrando, q bom q agora nos encontramos.
Obrigada por sua linda visita!

Bento Sales disse...

Amigo Tunin,
Seu magnífico poema me trouxe muitas lembranças, pois descreve ações que minha avó também fazia muito, pois nasci no campo. Fiz também um cordel contando todas aventuras que vivi com eles.
O poema é belo, realístico e com ótima rima.

Parabéns pelo alumbramento e pelo dom poético!

Abraços.

Bento Sales disse...

Amigo Tunin,
Seu magnífico poema me trouxe muitas lembranças, pois descreve ações que minha avó também fazia muito, pois nasci no campo. Fiz também um cordel contando todas aventuras que vivi com eles.
O poema é belo, realístico e com ótima rima.

Parabéns pelo alumbramento e pelo dom poético!

Abraços.

ELAINE disse...

Tunim querido! Fiquei muito feliz com tua visita, que nem imaginas! Adorei a poesia, a maneira com que a escreveste, as rimas.... E, principalmente, as lembranças que ele evocou.... Lindo!
Hoje tem post novo!
Um início de semana iluminado!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

ॐ Shirley ॐ disse...

Às vezes bate gostosa nostalgia quando lembramos essas cenas do passado... Grande abraço, Tunin!

Carla Fernanda disse...

Lindas lembranças Tunim. O tempo só faz avivá-las mais... Graças a Deus!! Assim depois de muitas perdas que vamos acumulando vida afora. podemos manter a sanidade...

Beijos a migo e boa semana!

Waldir disse...

Que belo lembrei da minha infância no Parana nosso quintal tinha tudo isso..eita sardadis...rs

Aleatoriamente disse...

É verdade Tunin, e disso brotam lembranças tão preciosas.
Você pintou um quadro poético meu amigo.

Beijão

Kamila Sensei disse...

Oi Tunin! Quanto tempo.
Que bom ver você de volta no meu blog :)
Lembrei da minha vovó também. Ela fazia isso todas as manhãs sentadinha no banquinho de madeira da varanda. Saudades.
Lindos versos.

Uma ótima semana
Abraços

cristiane silva disse...

Quantas lembranças nos traz esse poema... ainda mais nós que moramos no interior um dia...no meio de galinhas galolos cantando no amanhecer.. OLha é bem assim mesmo.. Um Grande abraço meu amigo de fé.. e uma ótima início de semana para vc e sua família...

Kellen Bittencourt disse...

Oii amigo, que legal esse quintal, cheio de galinhas e o melhor de tudo uma vovó super faceira e dinâmica, dando conta do recado rsrs, minha bisavó tinha um quintal repleto de galinhas! Muito bom! Abraços e ótima semana!

Patricia Galis disse...

Que lindinho, eu ia muito em uma fazenda quando criança da minha tia, nossa agora mesmo todas as lembranças vieram a tona, odorava jogar milho pras galinhas.

Pepi, Xixo, Juja, Jujuba disse...

Que bom que você está de volta, Tunin
Infância, tempos bons que não voltam mais
Tenha uma abençoada semana
Um grande abraço de
Verena e Bichinhos

LUCONI disse...

Nem fale Tunim uma vovó assim quem é que não quer? E este sitio dos sonhos nossa que infancia mais linda, beijos Luconi

Everson Russo disse...

Quantas saudades ficam dos lugares e das paisagens que nos marcaram a alma...belo...abraços amigo e uma ótima semana pra ti.

Vera Lúcia disse...


Olá TUNIN,

Você colocou lindamente em versos as suas preciosas recordações da infância. Foi tão perfeito que pude visualizar cada cena. E avó é uma pessoa ímpar e inesquecível na vida dos netos.

Obrigada pelo seu carinho.

Grande abraço.

soninha disse...

Lindo!!Vivenciei a festa!!rs
abraços

Toninhobira disse...

Linda lembrança amigo.
Mas esta ilustração com estas galinhas caipira me lembrou de uma boa galinha caipora com pirão,rsrs.Penso que a vovó fazia talvez com nome de galinha pra parida.
Uma bela semana de paz e luz.
Abraços amigo.

J Araújo disse...

No quintal da sua avó não era do nosso lá nas minas das gerais, tinha de tudo um pouco. Além de tudo isso, ainda tinha a horta que nos fornecia verduras fresquinha. Quanta saudade bate no peito amigo!!

abraço

Daniel Costa disse...

Tunin

Aproveito a dizer que o meu AVC, já data de 2000, seis anos dormim inlivelmente 18 / dia, Quatro meses, já casa, estive em estado de semi-coma, Escrevia para a Cronica Filatélica, de Madrid, só tre meses falhou a minha colaborâo, Por sete anos predi a faculdade do riso, sen estar triste. Ja estava conformado, a ler um blog no meu "mitalia" (como o post era humuristico, de repoente a srir, foi em 2007. Deus diisse faz pela vida que Eu te ajudarei e en fiz, por exemplo, ter paciência de demorar, cerca de 15 minutos, de pé, a vestir uma simples cuecas, mas acabava por conseguir.
O meu blogge de designa DANIEL MILAGRE, uma homenagem pessoal!
Um grande abraço

Daniel Costa disse...

Tunin

Aproveito a dizer que o meu AVC, já data de 2000, seis anos dormim inlivelmente 18 / dia, Quatro meses, já casa, estive em estado de semi-coma, Escrevia para a Cronica Filatélica, de Madrid, só tre meses falhou a minha colaborâo, Por sete anos predi a faculdade do riso, sen estar triste. Ja estava conformado, a ler um blog no meu "mitalia" (como o post era humuristico, de repoente a srir, foi em 2007. Deus diisse faz pela vida que Eu te ajudarei e en fiz, por exemplo, ter paciência de demorar, cerca de 15 minutos, de pé, a vestir uma simples cuecas, mas acabava por conseguir.
O meu blogge de designa DANIEL MILAGRE, uma homenagem pessoal!
Um grande abraço

Daniel Costa disse...

Tunin

Aproveito a dizer que o meu AVC, já data de 2000, seis anos dormim inlivelmente 18 / dia, Quatro meses, já casa, estive em estado de semi-coma, Escrevia para a Cronica Filatélica, de Madrid, só tre meses falhou a minha colaborâo, Por sete anos predi a faculdade do riso, sen estar triste. Ja estava conformado, a ler um blog no meu "mitalia" (como o post era humuristico, de repoente a srir, foi em 2007. Deus diisse faz pela vida que Eu te ajudarei e en fiz, por exemplo, ter paciência de demorar, cerca de 15 minutos, de pé, a vestir uma simples cuecas, mas acabava por conseguir.
O meu blogge de designa DANIEL MILAGRE, uma homenagem pessoal!
Um grande abraço

José María Souza Costa disse...

Estimado, Tunin
Adorei, as suas lembranças. Quem não teem as suas, não é ? Força, sorte e felicidades
Abraços, abrasileirados

Anne Lieri disse...

Ai Tunin,lembrei da minha avó!...rss...que delicia de poesia!Obrigada pela carinhosa msg ao meu pai e perdoe a demora em responder: essa semana estou com problemas de conexão!Bjs e meu carinho,

ValeriaC disse...

Que lindo poema e que recordação mais sublime da sua avó querida...momentos simples, mas tão significativos, não é mesmo? Que ficam guardados na memória e no coração.
Beijinhos amigo,
Valéria

Lu Cidreira disse...

Digo que vivi isso tudo, não com minha avó e sim com a minha mãe que fazia exatamente como relata em seu poema. Feliz de quem teve ainda então uma vida vivida como nos poucos velhos tempos atrás, como eu.
Abraço

Elisa T. Campos disse...

Tunin

Voltei à infância lendo seus deliciosos versos. Toantes como se fosse uma canção. Adorei.

Um grande abraço.

Rita disse...

✫. `⋎´ ✫❤✫..
(⁀‵❤⁀,) ✫✫✫Boa tarde pra você✫.❤
Ser amigo e desejar o melhor para o outro, é um dom de Deus.
Por isso elogio o que vc tem na sua
postagem hoje,gosto de fazer visita, e adoro receber seu carinho
Agradeço pela bela amizade sempre
querida, deixo um abraço carinhoso
Bjusss
Rita!!!
(⁀❤‵⁀,) ✫✫✫..! ♥
.`⋎´✫✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫❤
✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫❤✫

Jesus te ama! disse...


....._.;_'.-._
...{`--..-.'_,}
.{;..\,__...-'/}
.{..'-`.._;..-';
....`'--.._..-'
........,--\\..,-"-.
........`-..\(..'-...\
...............\.;---,/
..........,-""-;\
......../....-'.)..\
........\,---'`...\\
.....................\

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom diaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!
Chegou a barulhenta com todos os animais que pode caber dentro de um quintal...
Amo esse menino grande que sempre se dissolve em grandes recordações...Sabia que viajei no tempo vivi e revivi toda essa descrição.Ja sabes que sou do tempo da panela de barro e do fogão a lenha,rsrsrsrs,imagine se na minha casa não tinha um quintal desse,rsrsrsrs...
Bjsssss cheio de saudadessssssssssss!!!!!!!!!!!!!!!

SOL da Esteva disse...

Versos de pica no chão a debicar milho. Imagina-se a algazarra! De verdade, a presença da vovó era necessária para colocar ordem na praça.
Memórias!...


Abraços


SOL

vendedor de ilusão disse...

Olá meu caro amigo, bom dia!
Com muita satisfação, venho para lhe dize que o Prosas Poéticas já está no ar. Espero que lhe seja do agrado.
Aproveito para lhe dizer que me surpreendo toda vez que venho, pois ler um poema inspirado como esse me é mais do que gratificante, causa prazer...
Tenhas um excelente final de semana, repleto de Luz e forrado de paz.
Um abraço.

LUCIENE RROQUES disse...

Muito legal o poema da lembraça de uma eterna criança. Quando lembra-se da infancia volta-se nela.
Um grande abraço!

Vivian Fernandes de Goes disse...

Olá,Tunin!!

Quantas coisas tinha no quintal de sua avó!!Linda poesia, cheia de amor e carinho.Vó é um presente de Deus!
E como sou grata pela minha!!!!!
Beijos,meu amigo!
Tudo de bom!

Evanir disse...

TUDO NO FINAL DÀ CERTO, SE AINDA NÃO DEU, È PORQUE NÃO CHEGOU O FINAL.
Por isso acredite sempre em Deus.
Acredite no Tempo, na Amizade, na Sabedoria,
e principalmente no Amor.
Aí com certeza um dia a Felicidade, baterá em sua porta.
Tenha Tempo para os seus sonhos, eles conduzem sua carruagem para as estrelas.
Tenha FÈ em DEUS!
Tenha um excelente final de semana.
E não esqueça, SORRIA Sempre.
Por maior ,que seja a difilculdade .
O sei sorriso pode alegrar a vida dos que te cercam.
E a minha vida também.
Deus abençoe seu final de semana beijos na sua alma.
Não deixe de participar do sorteio de dois livros
de um grande amigo.
O link do blog esta na postagem ,e o selinho de paicipação também.
Vamos ser unidos não importa o Estado do Brasil,
ou Pais ,que você mora somos blogueiros unidos,e acima de tudo
amigos sem fronteiras.

LUCONI disse...

QUERIDO AMIGO, vou precisar me afastar por uns trinta dias, não ando bem, ando vazia, oca, vou tentar me reencontrar, deixei um último texto lá, até a volta, beijos Luconi

ANTONIO RUBILAR BARBOSA VALENTE disse...

Amigo Tunin...
Você, eu e tantos e tantos amigos que tiveram a felicidade de conviverem um dia na casa da avó, sabem dessa coisa gostosa e aconchegante...A minha há muito tempo já está no "andar de cima" com Deus, mas quando criança, eu ia também visitar minha avó Otília, e adorava ir ao quintal, ver os bichos, também lá tinha galinha,porco e até um papagaio...Adorava quando ela me dava as panelas para "lamber" dos bolos de chocolates que ela fazia...era uma briga e tanta pelas panelas com os meus primos..rs.Que tempo bom, e está na gente,sempre...Adorei seu post, tudo de bom,bom domingo e um grande abraço..Rubi.

Magia da Inês disse...

✿彡
º°♫♪º°
Eu também tenho lembranças parecidas com essas... uma delícia lembrar!
Boa semana, amiga!
Beijinhos.
Brasil
♫♪♪¸.•°`❤彡

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Amigo Tunin
Não estou conseguindo comentar no seu blog
Estamos com saudades!!
Uma abençoada semana para tí
Um grande abraço de
Verena e Bichinhos

ELAINE disse...

Ôi meu amigo! Saudades! Passando pra desejar um início de semana iluminado!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Tunin. Adorei a sua poesia, divertida, leve e com uma narrativa interessante.
É muito bom mesmo lembrar da nossa infância, de época de paz, dos animais, da bagunça normal, do carinho e amor da avó, tão mudada ao longo dos anos.
As vovós estão espertas, mais modernas e vivas, mas também existem as tradicionais, sempre interessantes e muito amorosas.
A minha está no céu.
Parabéns! Adorei!
Beijos na alma e fique na paz!

Vivian Fernandes de Goes disse...

Olá,Tunin!!

Espero que esteja tudo bem por aí,meu amigo!
Deixo um beijo e meu carinho!!

Marcia Pimentel disse...

Olá Tunin,

que linda poesia, meu amigo. As lembranças de quando eramos criança, são as melhores lembranças.

bjs

marcia-pimentel.blogspot.com.br/2012/09/estou-de-volta-lancamento-do-meu.html

Jorge disse...

Cá estou de volta para te saudar, amigo Tunin,
Belo e bucólico poema. Transportou-me aos tempos da minha infância, na aldeia em Trás-os-Montes, quando, por vezes, visitava a minha avó e deparava com ela no quinteiro a dar de comer à bicharada doméstica.
Um abraço,
J

Toninhobira disse...

Meu amigo,senti saudades de voce.
Tudo bem?
Fique na paz de Deus e que cuide bem de voce.
Meu abraço.
Bom fim de semana.

Lu Cidreira disse...

Olá amigo, você ainda está no quintal da vovó? Curiosidade mata, e ela está me matando, cadê você.
Abraço

Majoli disse...

Ai que saudade docê Tunin.
:)
Espero que estejas bem.
Tenha uma semana de muita paz.
Beijos com carinho.

vendedor de ilusão disse...

Olá prezado amigo, bom dia!
Com satisfação e muita honra venho lhe comunicar de que a sua apresentação no Prosas Poéticas foi ao ar. Lá vai o link:

http://vendedordeilusao.blogspot.com.br/2012/10/prosas-poeticas-no-11-dia-apresenta.html

Espero que lhe seja do agrado.
Abraço e até mais!

Dorli disse...

Oi Tunin
Acabei de colocar um comentário no seu poema, no blog do Viviani, quero que me desculpa os erros, pois estrou estranhando o computador novo e o teclado e ainda não enxergo muito bem
Abraços
Dorli

prazerdeescrever disse...

Tunin!Linda poesia,postada no Prosas Poéticas!Seu blog é lindo,principalmente falando-se sobre vovó!Sou uma vovó bem coruja,meu neto tem 4 anos,tomara que ele cresça,lembrando das nossas brincadeiras,quando criança!

Vou ficar por aquí!

Abraços.

Carmen Lúcia

Severa Cabral(escritora) disse...

Vim trazer um beijo de boa noite !!!!
Tbm desejar uma semana fenomenal!!!!
bjssssssssss

Rita disse...

(⁀❤‵⁀,) ✫✫✫..! ♥
.`⋎´✫✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫❤

Volte logo td bem com vc/
Abraços
Rita!!!
✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫❤✫

Sonia Guzzi disse...

Tempos e amores que ficam...
Adorável!
Grande abraço, em divina amizade.
Sonia Guzzi

Anne Lieri disse...

Tunin,cadê vc? Eu vim aqui só pra te ver!...rss...espero que tudo esteja bem com vc!bjs,

vendedor de ilusão disse...

Olá Tunin, meu prezado e estimando amigo, bom dia!
Hoje, já com saudade, publiquei o encerramento do Prosas Poéticas registrando, de público, a minha opinião e meu agradecimento a todos os participantes do evento. Se puderes, dê uma olhada.
De qualquer forma, já que estou por aqui, queria aceitar meu agradecimento por sua participação, que, além de dignificante e honrosa, foi brilhante. Saibas também de que não foi só lisonja que a mim causaste, – foi muito além; senti júbilo por ter tido a felicidade e a oportunidade de divulgar sua admirável criação...
Abraço e até mais!

sorrisos e palavras disse...

A lembrança tem um aroma gostoso. Lindo texto Tunin! Abraços e fica na paz...

sorrisos e palavras disse...

Lembrança tem aroma gostoso. Lindo texto Tunin. Abraços e fica na paz!

sorrisos e palavras disse...

A lembrança tem um aroma gostoso. Lindo texto Tunin! Abraços e fica na paz...

Elisa T. Campos disse...

Tunin
Também voltei à minha infância lendo os seus maravilhosos versos.
Lindos dias para você.
Um abraço.

Elisa T. Campos disse...

Tunin
Também voltei à minha infância lendo os seus maravilhosos versos.
Lindos dias para você.
Um abraço.

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu amiguinho !!!!
Vim deixar minha saudade contigo...será que posso !!!!!!!!!
beijinhos saudosossssssssssssss

ELAINE disse...

Amigo Tunim! Passando pra saber notícias! Como você está? E também para pedir ao amigo novamente seu voto...desta vez para a nova fase do Top Blog, o Top 100 Top Blog. Posso contar com teu voto? Se já votou em alguém, não tem problema, pois pode votar em quantos blogs quiser! Para votar é tudo igual como da outra vez! O Selo já está na lateral direita do blog, onde estava o outro! Desde já agradeço, de coração! Juntos chegaremos!
Ótimo final de semana!
Abraço carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Orvalho do Céu disse...

Olá, Tunin
Aproveito uma folguinha...
Casa da vó materna me faz feliz até hoje...
Bjs fraternais de paz

Fruto do Espírito disse...

Uma chuva de bençãos desça sobre sua casa!
 
_..._ ..._(... (  ...).._
  (_....__..._) _(.. (  ...)
  /(_...._)(_...._..._)\
 // / / / / | \ \ \ \
 / / / / | \ \  \
/ /  /  /  | \  \  \
♥ ♥    ♥  ♥ ♥   ♥    ♥ 
♥ ♥   ♥   ♥    ♥ ♥ ♥   ♥
♥   ♥   ♥  ♥   ♥ ♥
 ´´´, •♥♪♥♪♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•
´´´¢/Λ\♥♪♥♥♪♥♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥•
´´ /...\♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥•
´¢/ ๑۩๑ \♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•
¢/¨๑۩۞۩๑_\´♪♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥
¨▓¨.♪♥♥♪.▓♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•|||||
¨▓¨.♪♥♥♪.▓¨★★★★★★★★★★|||
¨▓¨.♪♥♥♪.▓¨★★★★★★★★★★|||
¨▓¨.♪♥♥♪.▓••••••••••••••••••••
¨♥♥======♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
¨♥♥======♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Que o Senhor Jesus vos abençoe e vos guarde!

Te espero no meu cantinho, a propósito, se ainda não estiver seguindo o meu blog, deixo aqui o convite, retribuirei o gesto.

***Lucy***

P.S. Visite também:
http://discipulodecristo7.blogspot.com/
Temas Bíblicos e Mensagens Abençoadoras.

vendedor de ilusão disse...

Olá Tunin, meu caro amigo, bom dia!
Venho mais uma vez agradecer sua honrosa participação no 1º Prosas Poéticas; foi pra mim um fato que só causou satisfação e deu muito orgulho. Muito obrigado!
Aproveito para lhe desejar uma ótima semana.
Abraço e até mais!

Angela disse...

Lembrei do quintal da minha avó!
Saudades!
Beijos, na paz de Jesus,
Angela

Sônia Silvino (Crazy about Blogs) disse...

No quintal da minha avó paterna também era assim. E eu amava ir lá por causa dos bichos.
Beijos, querido!