Seguidores

Loading...

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

O CIRCO

imagem google
Logo pela manhã chega à cidade parte (visto a cidade ser pequena e não comporta toda a estrutura do circo) de um conhecido e famoso circo que circula por esta terra Brasil.

Com sua lona colorida, plantou-se junto à pracinha que fica no alto da colina.

Estreia no próximo domingo, às 15h00, grande matinê para criança de todas as idades e, às 20h00, bonito espetáculo para animar o coração do povo desta cidade, O Grande Circo, dizia o locutor no alto-falante.

A pacata cidadezinha se enfeitou e se arrumou para apreciar, no circo, a diversão que lhe falta no dia a dia. É pura euforia!

A criançada não vê a hora de o encontro com o palhaço. É só o que se ouve no meio infantil.

Enfim, chega o domingo! Na primeira fila, pais e filhos atentos na tão sonhada presença do palhaço. Olhos arregalados esperam pela entrada triunfal daquele que faz a alegria da gurizada.

O palhaço entra em cena e saúda a platéia como o famoso: boa tarde meus “povo” e minhas “povas” e começa a saltitar e contar anedotas que deixam  a todos roxos de rir.

De repente o palhaço grita do picadeiro: vocês tomaram banho hoje? Lavaram a cabeça? E o eeeeeeeee, lavaram? Todos gritaram simmmmm. Logo, logo uma vozinha de uma criança aparentando uns quatro anos, ecoa: eu “lavi” meu pintinho também, não foi mamãe? E todo circo se derreteu na gargalhada. Foi um momento delicioso. Era a inocência que ali se manifestava no mais natural do seu ser.

Viver circo é viver a criança que temos dentro de nós.

13 comentários:

Miriam de Sales Oliveira disse...

Adoro circo;ia com meu pai ver Thiani,o circo Garcia,Orlando Orffei.
Era uma diversão completa,pura e sadia.
Saudades do circo e de vc.

Daniele Barizon disse...

Saudades dessa época!!

Bjs!!

Toninhobira disse...

Boa esta Tunin, o circo e seus encantos,faz tempo que nao vou.Mas esra criança roubou a cena.Vá ver que ja fizeram algum medo nela sobre a lavagem do piu piu,rsrs.
Um abraço alegre amigo.

Anne Lieri disse...

Tunin,que belo conto!Circo é uma magia que não deveria acabar nunca!Linda sua homenagem nessa divertida história!Bjs,

soninha disse...

Delicioso texto!A inocência é o que de melhor a vida nos oferece,no momento.abçs e muita paz.

Vera Lúcia disse...

Olá Tunin,
Saudosos tempos!
A criança acabou divertindo tanto quanto o palhaço com sua espontaneidade e inocência.
Você terminou seu texto com uma grande verdade:
"Viver circo é viver a criança que temos dentro de nós.
Abraço.

Carla Fernanda disse...

Eu adooOOOroooo!!
kkkkkkkkkkkkkk....e esta foi boa demais.... criança tem cada tirada engraçada...kkk
Beijos e boa noite Tunin!!

Edilene disse...

Que lindo! Acho que todo mundo ama circo! Agora sem animais está muito melhor, os artistas mesmo tem que mostrar sua arte! Obrigada pelo carinho no meu blog, vindo de alguém com tanta sensibilidade para escrever, me sinto honrada!
Um abraço!

João Felipe disse...

Oi!

eu adoro circo, meu pai me levou de contra gosto, disse que nao ia rir e quasemorreu de rir! foi muito legal. eu nao savia se ria dos palhaço ou do meu pai! um beijinho do joao

SOL da Esteva disse...

Tunin

Todos nós vivemos num Circo.
Umas vezes porque adoramos ver os palhaços; outras, porque os palhaços somos, forçosamente, nós.
Ninguém escapa a essa espécie de encanto que aglutina pequenos e grandes, novos e velhos.
Demasiadas vezes, esquecemos a simplicidade inocente de confessar que também lavou o pintinho, ou apontar o dedo para dizer que o rei vai nu.
É uma belíssima descrição que nos arrasta no tempo em que todos éramos simples e puros.

Abraços


SOL

Mare disse...

Que saudade das touradas que apareciam nos circos de Piritiba!
Também a propaganda do palhaço perna de pau e da criançada atrás fazendo coro!
Muito boa idéia amigo Tunin!
Abraço
Mare

✿ chica disse...

Puxa, Tunin, eu tinha certeza de ter comentado aqui! Gostávamos muito de circos, dos bem simples.Hoje, não gosto mais.Estão muito sofisticados... Lindo!
Obrigadão pelo carinho no sementinhas! Já está lá! abração,chica

Sônia Silvino disse...

Adoro circos, mas sem animais!
Beijinhos!