Seguidores

Loading...

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Fim de verão.

Do Google.



O sol brilha forte.
Outras vezes não,
Mas tudo tem belo porte,
Nos momentos de verão

O dia tem mais luz,
A alegria bate no coração.
Sobre o teu ombro, a mão pus,
Num dia claro de verão.

A estação chega ao fim,
Por nove meses a esperarei.
A sua volta será para mim,
O sabor da fruta que saboreei.

Por que seu tempo é tão pequeno?!
Poderia o ano varar.
Logo vem o outono ameno,
Para nos consolar.

2 comentários:

Chica disse...

Mas aí o ano todo tem calor,né? Pra nós é que daqui a pouco iniciamos a tremer...abração,linda poesia!chica

Mare disse...

É...e o CALOR, meu irmão, aí está a questão. Parabéns pelo poema!
Bjs. Mare