Seguidores

Loading...

quarta-feira, 18 de maio de 2011

QUE EDUCAÇÃO É ESTA?

do google



Que educação é esta?
Praticada no rincão Brasil.
Onde tudo acaba em festa,
A aprendizagem não condiz.

O aluno não dá bolas para o estudar,
Nem tampouco a tarefa gosta de fazer.
Com cinco na média sabe que vai passar,
Brinca e vibra sem importar com o aprender.

Ele não sabe ler,
Nem quer entender.
É um horror o escrever,
Triste e penoso o que se vê.

Grita e fala o que quer.
Não tem respeito ao professor.
Se o mestre alguma coisa disser,
Denuncia ao de plantão, defensor.

Para entrar na universidade,
Cinqüenta por cento das vagas tem.
É o prêmio ao ensino sem qualidade,
Que aos governantes convém.

Uma enxurrada de projetos,
Os de gravatas nos oferecem.
Tudo, porém, não passa de objetos,
Soltos que não prevalecem.

Estamos de pés e mãos atados,
Com o faz de conta na educação.
Somos todos reféns e “aliados”
Desta triste caótica situação.

O professor, a culpa leva
Pelo ensino da fragilidade.
Ator como ele, quem dera!
Que supera a realidade.

12 comentários:

Vivian disse...

Bom dia,Tunin!!

Bela poesia!!!Infelizmente condiz com a realidade...
Me entristece muito...e não fico de braços cruzados...mas a verdade é que se acomodaram...os pais não educam, a escola não cobra aprendizagem!!!
E a violência esta virando "normalidade", é comum!!!
*Desculpe o desabafo...mas ainda estou indignada com a violência que é o recreio na escola do meu filho...pois é...vou ao recreio para ver...e as "brincadeiras", são de uma violência assustadora.O pior é ninguém fazer NADA!!Onde está a diretora???Como é permitido crianças, pegarem outra como se estivesse levando para o abate!!
O que vi me deixou muito preocupada e indignada!! Mas fiz a minha parte, reclamei na hora, é inadmissível que num ambiente de ensino achem normal tal brincadeira!!
Bah!
Desculpa!
beijos!

✿ chica disse...

Lindo teu poema mostrando essa dura realidade da educação no Brasil.

Que pena, mas é verdade mesmo,não?

Precisa uma grande mudança! abraços,chica

Carla Fernanda disse...

Gostei muito, sobretudo da última estrofe:
O professor, a culpa leva
Pelo ensino da fragilidade.
Ator como ele, quem dera!
Que supera a realidade.
Isso mesmo, sem tirar nem por.
Beijos e b om dia Tunin!!

GRAÇA disse...

Bom dia Tunin!
Ainda não recebi nenhuma foto de barriguinhas estou espera olha que é até dia 25
Ronrons e beijinhos
kika e Graça

Su disse...

Tunin, cheguei aqui pelo cantinho da Carla, fui lá desejar feliz aniversário...

Sou professora na educação infantil... onde tudo começa, trabalho em uma comunidade tão carente que às vezes tenho vontade de correr de tanta tristeza... Seu texto reflete, infelizmente, uma realidade cruel, e realmente algo tem de ser feito. Graças a Deus na minha escola, temos um diretora e um grupo de professores muito conscientes e fazemos um trabalho sério e de qualidade com os pequenos, eu levo o amor comigo em tudo que realizo e estou plantando com diria a Chica, Sementinhas para essas crianças serem diferentes, eles hoje são educados, respeitam os amiguinhos, tem amor pelas pessoas e sabem compartilhar... que Deus permita que se não todos, a maior parte deles consiga levar dentro de si nossos esforços de ensinamentos e que essa sociedade tão corrompida, melhore nos próximos anos e esse cenário, mesmo que lentamente mude para os nossos filhos, netos e assim por diante... É preciso acreditar e colocar a mão na massa. Linda e comovente sua peosia. Um abraço carinhoso. Su.

Meias de Seda (Suzy) disse...

Um poema cheio de verdades!
Esse é o estado lamentável da educação no Brasil, onde os professores são heróis sem nenhum reconhecimento.
Bom fim de semana ;)

Anne Lieri disse...

Tunin,eu adorei e compartilhei!Grandes verdades em belos versos!Deixo um link para vc visitar quando tiver tempo que fala tb de educação:http://klenmarketing.blogspot.com/

bjs,

Anne Lieri disse...

Tunin,eu adorei e compartilhei!Grandes verdades em belos versos!Deixo um link para vc visitar quando tiver tempo que fala tb de educação:http://klenmarketing.blogspot.com/

bjs,

Anne Lieri disse...

Tunin,eu adorei e compartilhei!Grandes verdades em belos versos!Deixo um link para vc visitar quando tiver tempo que fala tb de educação:http://klenmarketing.blogspot.com/

bjs,

Toninhobira disse...

Oi venho lá da Evanir para lhe apoiar neste grito, nesta inquietação que vamos tendo por longo tempo com esta coisa desrespeitosa com a educaçáo e ais professores.É preciso um basta nesa coisa.As vezes nos desanimamos, mas é preciso mesmo raça e prosseguir em confronto com esta situação.Minha admiração e meu abraço de paz e luz.

SOL da Esteva disse...

Mas... onde é mesmo a Terra onde se passa isto? Acho ter lido mal.
É o Poema realista deste lado do mar.
É a colagem duma infeliz realidade.
Se fosse referido Portugal, não teria dúvidas que, também, não tenho possa estar a acontecer no Brasil.
Poema com Nota Cinco (não para Passar, mas para distinguir!).


SOL da Esteva
http://acordarsonhando.blogspot.com/

JGCosta disse...

Um absurdo!

Cada vez mais o errado parece certo (ou se fazerde certo por quem dita as regras)...

Abraços e parabéns pela reflexão que nos trás!