Seguidores

Loading...

terça-feira, 12 de julho de 2011

ÓDIO

imagem do google



O ódio excita contendas, mas o amor cobre todas as transgressões.   Pv 10:12


O ódio é um sentimento doentio que leva o indivíduo a ter aversão severa por seu semelhante. Ele desencadeia delitos, brigas e até mortes. A repulsa é de tal grandeza que o seu corpo não suporta e responde agressivamente em forma de sérias doenças. Não vale apena guardar tanto rancor.
Por que odiar o negro, o pobre, o branco, o mendigo, o diferente, o índio, o coxo, o cego, etc.? Todos nasceram com o sentimento de serem amados e não odiados. Por que não respeitar cada um em sua individualidade e termos uma convivência de paz em sociedade? Por que tanta intolerância?
Por quê?
A palavra do nosso Deus ensina que o ódio excita contendas, mas o amor cobre todas as transgressões, ou seja, o ódio provoca brigas, mas o amor perdoa todas as ofensas.

18 comentários:

✿ chica disse...

O Ódio não leva a nada e tantas vezes temos que nos controlar pra não sentí-lo nas provocações, pois não somos santos,né?

E com certeza , amor é o soberano dos sentimentos. abraços,tudo de bom,chica

Anne Lieri disse...

Tunin,que belo texto!O ódio é mesmo um sentimento muito destrutivo e faz mal a pessoa que odeia!Para que odiar tanto,se amar é tão mais facil?Linda sua msg!Bjs,

Nuvembranca disse...

É verdade, Deus na sua infinita sabedoria nos ensina o Amor. O ódio nos leva a morte. Seria a intolerância uma questão cultural? Eu fico muito assustada com tanta barbárie praticada contra os pobres moradores de rua, gays, nordestinos, judeus. É falta de educação? Educação no berço? Não sei, só nos resta rezar, os dias estão muito difíceis. Belo texto, caprichado, cheio de amor. Parabéns, obrigada pelo carinho no blog da minha Danee. Beijo da nuvem.

Toninhobira disse...

Quero cre amigo,que o ódio é o elemento que mais desagrega nossa sociedade, por inserir a intolerancia no seu bojo de desamor.
Belo texto.
Um abraço amigo.

Dom Quixote (Thomaz) disse...

Assino em baixo, Tunin

Vivian disse...

Olá,Tunin!

Tudo que fazemos ou sentimos se reflete na nossa vida, se cultivarmos o ódio estaremos atraindo mais ódio pra nós.
Bela mensagem!
Abraços

Meias de Seda (Suzy) disse...

Concordo com Nietzsche:"Nunca odiamos aos que desprezamos. Odiamos aos que nos parecem iguais ou superiores a nós".

Um abraço ;)

Sônia Silvino disse...

Querido amigo!
Acredito que pessoas assim desconhecem o amor e a felicidade!
Belo post!
Beijos meus!

Su disse...

que bom que o amor prevalece sempre... sei que às vezes algumas coisas nos aborrecem, pessoas nos aborrecem... mas dá pra sentir algo que não seja ódio... esse sentimento tão destrutivo...

ainda em férias meu amigo querido, mas passei pra deixar um beijinho...

fique com Deus e com o amor sempre! Su.

GRAÇA disse...

Tunin é isso o ódio envenena o amor alimenta...
Bom fim de semana
Turrinhas da
Kika

Vinicius.C disse...

Olá meu grande amigo !!

Rapaz e pensar que já senti ódio por quem menos merecia- senti ódio de mim!

Hoje apaziguado e cheio de amor, vivo muito melhor!

Um forte abraço e um ótimo fds!

Nos encontramos no Alma!

Daniele Barizon disse...

Tunin,

Esse, infelizmente, é um dos grandes males da nossa sociedade. O ódio que gera a vingança, o crime, a intolerância. Precisamos evoluir, seja internamente, seja externamente através de leis.

Bjs!

Pepi disse...

Concordo plenamente com você, Tunin
Muito bonito seu texto
Um grande abraço de
Verena e Bichinhos

"Não permita que ninguém o faça descer tão baixo a ponto de você sentir ódio." (Martin Luther King)

Anne Lieri disse...

Tunin,passando para reler essa lição de vida e deixar o meu carinho!Bjs,

Carla Fernanda disse...

O amor é mais forte e real que o ódio. Sempre!!
Beijos,
Carla

Vivian disse...

Bom dia,Tunin!!

Bom final de semana pra ti!
De muita paz!
Abraços!!

Vinicius.C disse...

Tunin meu amigo!

Passando para deixar o meu abraço e desejar a vc um ótimo dia!!

E claro, espero por vc no Alma!

Abraços meu amigo!

Carla Fernanda disse...

Oi tunin!
Meu amor para você. O mesmo que vc me dá. Plantas o que colhes agora e depois. Assim seremos um dia amor do início até o fim.
Beijos,
Carla