Seguidores

Loading...

sexta-feira, 4 de maio de 2012

DESTINO






Para alguns, ele existe.
Para outros, não existe, não.
Se em algo se persiste?
Favorável é, a ocasião.

Destino é fixo olhar
Para o desejo do coração.
Em momento algum titubear,
E firmar-se na intenção.

  
Destino é não ter medo;
É seguir o seu caminho.
Se há algum passo azedo?
Desvie da vereda, o espinho.

Destino não é olhar para trás,
Mas, de escanteio, as dores deixar,
Ser vivo, capaz e tenaz,
Para a vida sentido tomar.


17 comentários:

ANDRÉA disse...

Nossa que bonito!!!!
Obrigada pela visitinha, fiquei feliz da vida.

Um forte abraço e um maravilhoso final de semana
Andrea
Ah! Tem um cantinho que eu acho que vc vai gostar
http://miltonkennedy.blogspot.com.br

✿ chica disse...

Tu és sempre muito inspirado e consegues expressar muito bem.

O tema foi trazido de modo lindo e verdadeiro!

Adorei!! um abração, tudo de bom,lindo fds!chica

Anne Lieri disse...

Tunin,sempre preciosas suas participações!Muito linda poesia! E seus barquinhos estão no Recanto tb!bjs e bom fim de semana!

Jorge disse...

Devemos caminhar e não desistir ter confiança gerindo o medo.
Um abraço, Tunin.
J

soninha disse...

Pois é! Destino é meio filosófico! (rs). O seu destino está perfeito.Guiado por Deus,com certeza.
abraços e muita paz.

Antonio Rubilar B. Valente disse...

Amigo!
Entendo q o destino nada mais eh do que o nosso encontro com duas esquinas onde na hora da gente escolher qual seguir,a gente percebe q perdeu o endereco.Acho que eh por ai.Um abraco amigo,Rubi

cristiane silva disse...

Disse tudo.. sabe antes eu achava que tudo ja era predestinado.. Hoje sei que sou "EU" nque faço o meu destino mediante as minhas escolhas seja elas boas ou ruins irei colher isso é FATO! um ótimo final de semana meu amigo e companheiro da fé..

Kellen Bittencourt disse...

Boa noite amigo, faço parte daqueles que acreditam no destino mas nem por isso deixam de dar um empurrãozinho p ajudar rsrsr Belo poema!

Vera Lúcia disse...

Oi TUNIN,

Além de linda, a poesia traz uma boa reflexão.
Nós escolhemos nossos caminhos, idealizamos nossos sonhos e lutamos ou não para alcançá-los.
É claro que há coisas que fogem ao nosso controle, pois estão nas mãos Divinas. Fora estas, somos os construtores da nossa vida.

Ótimo final de semana.

Grande abraço.

ELAINE disse...

Destino, nós fazemos o nosso, ao sabor de nossas escolhas. Linda tua colocação, bela tua poesia! Bênçãos de paz, alegria, união e amor! Um abençoado sábado! Carinhoso abraço!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

GRAÇA disse...

Tunin que lindo poema , a mami adora ver o por do sol e quando estamos de ferias na praia a mami fica ás vezes lá até o sol se por porque gosta muito de ver as gaivotas a virem para a areia para virem dormir e por vezes refilam com ela pois acham que ela já não devia de estar lá
Bom fim de semana e muitas turrinhas e beijinho da mami
Kika

João Felipe disse...

muito bonito tunin,eu li pra mae e ela gostou tambem
beijos

ONG ALERTA disse...

Não olhar para trás éa melhor saída, abarço Lisette.

Toninhobira disse...

Beleza de criação amigo,com uma provocante reflexão.Bela participação.
Meu abraço e bom domingo a voce.

Su disse...

moço-poeta...

fiquei aqui e refletir... acredito no destino, acho que até nada é por acaso mesmo... e assim vou caminhando ora em passos bem lentos, ora mais acelerados... e assim eu vou... olhando a vida e tentando aprender com os meus dias que vão passando...

beijinhos moço-poeta!

lindo final de semana pra ti.


Su.

Carla Fernanda disse...

Lindo Tunin!!

O destino é para cada um o que precisa aprender... lição... revelação, intenção.... atração....

Beijos amigo e bom fim de semana

Neyde Arte Artesanato disse...

Desde a infancia que ouço dizer que Destino ja vem pronto...Neste meu longo viver percebi que o "QUERER" de imediato não nos deixa margem para refletir e assim agimos e pronto puxamos o que chamamos de Destino,quando as coisas não dão certo ou o pior acontece repetimos; Destino~~ Não é?. Bem depois deste tecer quero dizer BRAVOS!que por destino ou não teu poema ficou divino,abraços.