Seguidores

Loading...

quinta-feira, 17 de maio de 2012

FEIRA LIVRE




Fui à feira logo cedo,
Como faz muita gente,
Na entrada um folguedo,
Com pouco assistente.

Do bolso tiro a lista,
Certifico-me do comprar.
Dou uma de analista,
Para que nada venha faltar.

Feira livre é aventura.
Falo bom dia ao feirante,
Compro a minha verdura,
Naquele gritar intrigante.

Olha a couve, olha o quiabo,
Tá barato prá chuchu,
Tem abóbora, tem nabo,
Prá preparar o seu ”menu”.

Passo de barraca em barraca,
É a mesma gritação.
A feira tem língua de matraca,
É uma senhora agitação.

Ali tem de tudo,
O que você quiser,
O feirante já não é matuto,
Ele vende e olhar mulher.

Tirei o meu chapéu,
Fui prá casa descansar,
Ainda ao som de cordel,
Que na feira, ouvi recitar.


Vocabulário: tirar o chapéu = ir embora.



15 comentários:

✿ chica disse...

Nada mais lindo, colorido que uma feira! Adoro e nas cidades que visito, adoro conhecê-las! Passear de banca em banca, lindo!

Adorei a poesia! abração,tudo de bom,chica

As Aventuras de Billy disse...

Hihihi
Aiii..aumigao!! Q versiiinhoos lindos
Hihi
Vou tentar fazer um...vamos la...
"esse frio ta d matar
A minha umica vontade eh descansar
Quem sabe minha mae me deixa sonhar"
Kkkkkkkkkk
Sera q c treino (mt por sinal) eu comsigo virar uma claric lispecto???
Rsrs
Lzmbideeeelass

Amapola disse...

Boa noite, amigo.

Que lindo!
Adoro feira e esse ritmo do Cordel.

(Muito obrigada pela gentileza)

Beijos.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Tuninamigo

Feira a sério, mas mesmo a sério, é a de Mapusa todas as sextas-feiras. Ah, já me passava: e a de Margão às quintas-feiras.

Mas, esta tua deve ser de estalo. Ou de ananases como diria o Eça.

Abç

lucidreira disse...

Lembro-me de elogiar mandando-lhe muitos aplausos por tratar as coisas do cotidiano em seus versos com criativa simplicidade.
Parabéns mesmo, lembrei-me de ontem onde estava neste ambiente relatado.
Abraço

Carla Fernanda disse...

Muito lindo seus versos e acabei me transportando para lá contigo.
Um espaço rico né Tunin? Aqui em casa meu marido que vai à feira, aos sábados.

Beijos Tunin e boa noite!

Marcia Pimentel disse...

Boa noite Tunin,

Gostei demais dos versinhos. Eu amo ir nas feiras livres, provar as frutas, comer pastel com caldo de cana. A feira livre é tão colorida e cheia de vida.

Bjs.

Visite meu blog, tem post novo.
http://marcia-pimentel.blogspot.com.br/2012/05/minha-pagina-no-skoob.html

ELAINE disse...

Como sempre, amigo Tunim, inspiradíssimo! Adorei a poesia, fez-me lembrar de uma boa feira, que faz tempo que não vejo por aqui... Obrigada pelo carinho! Abraço carinhoso! Uma sexta-feira abençoada!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Everson Russo disse...

Uma feira é um mundo próprio...cheio de novidades,,,e coloridos...abraços de bom final de semana pra ti amigo.

ANDRÉA disse...

Adorei!!!!

Beijos no coração e um maravilhoso Final de Semana!!!!

Andrea

Anne Lieri disse...

Ai Tunin!Sensacional e divertida sua poesia1...rss...quanta inspiração tem na feira,não é mesmo?É tudo tão animado e colorido!Eu tb adoro!bjs e boa sexta1

Vivian disse...

Olá,Tunin!!!

Lindo fazer a feira com poesia!!!!!Adorei,meu amigo!!!Bela criatividade a sua!!Eu adoro frutas,legumes,etc...As cores são tão lindas!!E os sabores...ah!!!
Beijos e meu carinho pra ti!
Bom final de semana!

Smareis disse...

Olá Tunin,

Que imagem bonita essa. Com esse colorido ninguém resistea frutas e verduras.O poema ficou maravilhoso. PArabéns!

Grande abraço e ótimo fim de semana.

Mari Rehermann disse...

Oi amigo!! Adooooro ir à feira!!
Amo!! Pena que não tenho tido muito tempo de ir ultimamente...é tão gostoso fazer uma feirinha!!

Tenha um maravilhoso final de semana!!
Beijos!♥

Elisa T. Campos disse...

Tunin

Essa feira é uma tentação convidando todos logo de manhã e em rítmo de cordel.

Sensacional