Seguidores

Loading...

quinta-feira, 31 de março de 2011

IGUAIS PERANTE A LEI


do google
 

Todos somos iguais,
Assim diz a Constituição.
Perante a lei entre os mortais,
Não existe distinção.

Temos direito à vida,
Com plena liberdade.
Nada foge a lida,
Tudo em forma de igualdade.

Prometem segurança
Para tranqüilos viver.
Seguir na esperança
De um dia acontecer.

O preconceito racial,
Mal que nunca se acaba.
É luta antiga e crucial
Sobre o indefeso desaba.



Comida falta na mesa
Do leal trabalhador,
Que só tem Deus por defesa,
Do homem perseguidor.

Renda mal distribuída
Onde poucos muito ganham.
Guerra que não será vencida
Pois os graúdos sempre alcançam.

Porém tenho confiança
Na esperança do porvir
Que com calma e tolerância
Tudo isso vai sucumbir.

10 comentários:

✿ chica disse...

Tomara estejas certo,que isso sucumba... Na real não deveriam existir essas diferenças! abração,lindo fds!chica

Carla Fernanda disse...

Tô contigo Tunin!
Meu coração é esperança.
Beijos,
Carla

Anne Lieri disse...

Tunin,um poema social muito bem feito,denunciando tantas coisas que estão precisando da atenção dos governantes.Eu tb tenho esperança de dias melhores,apesar de tudo!Ficou muito linda sua poesia1Bjs,

Mare disse...

Como hoje é o dia da "mentira" caiu muito bem os seus versos.
Parabéns
Mare

Sônia Silvino disse...

Precisamos acreditar, Tunin! Não podemos perder a fé. Muito bom, amigo!
Beijinhos, meu querido!

JGCosta disse...

Tenho a mesma esperança de ti, esperança infinita!

Abraços renovados!

CARLA STOPA disse...

Amém...Grande abraço.

Anne Lieri disse...

Tunin,passando para reler sua linda poesia e agradecer sua visitinha!Boa semana pra vc!Bjs,

Simone Martins2 disse...

Oie...vim aqui por causa de outro blog.menina voadora...gostei, pois as vezes, escrevo textos tipo os seus, embora nao me agrade muito, vou ficar por aqui, se vc assim me permitir ok?um abraço...

Simone Martins2 disse...

Desculpe, me enrolei ao escrever...quando disse:"embora nao me agrade muito", foi referencia aos meus textos no sentido de serem meio que protestos...Coloquei de forma errada na escrita, seguindo a direção do fim do texto e deu a entender, que era nao me agradar seu blog...desculpe a falha...adorei seu blog e vou ficar por aqui...abraços