Seguidores

Loading...

sexta-feira, 4 de março de 2011

O amor

         
Do Google






Divino sentimento,
Que conduz alegria,
Ao nosso pensamento
Desde o alvorecer do dia.

O amor é paciente,
Ciúmes não tem.
Não fica indiferente,
É amigo decente.

O amor não acaba.
Tudo suporta e espera.
Se há algo que enfada?
Boa conversa supera.

Não ama a injustiça.
Do mal não se ressente.
Sua ação não é mestiça.
Não se conduz  inconveniente

Chora o seu choro.
De maldade não usa.
Com você só faz coro,
Nunca, nunca o acusa.

3 comentários:

Nuvembranca disse...

Belo poema de amor... Parabéns, tenha um belíssimo carnaval!

chica disse...

Muito lindo,Tunin!O amor muito bem cantado e expresso aqui nos teu poema! abraços,tudo de bom,chica

Tais Luso disse...

Olá, Tunin, lindo canto ao amor! Amor é isso, é desprendimento, é doação, é um bem querer sem limites.

Quero agradecer pelas generosas palavras deixadas lá na entrevista do Patchwork. Estou seguindo seu blog e voltarei com frequência.

Abraços, amigo.
Tais Luso