Seguidores

Loading...

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Manhã chuvosa

do google
A chuva cai incessante,
Molha o capim, molha o chão.
Vejo pastos verdejantes,
Sinto carinho no coração.

Pela janela a chuva cai,
Desenhando cortina aos olhos meus.
O pensamento fixo perdura
Nos atentos sonhos teus.

Caindo a chuva lá fora,
Cutuca lembranças em mim.
Se à infância voltasse agora,
Prazer teria sem-fim.

5 comentários:

Carla Fernanda disse...

Senti o gostinhos da chuva daqui. Parabéns amigo e bom dia, aqui com sol!
Beijos!
Carla

✿ chica disse...

Chuca mansa que evoca recordações e saudades! Lindo,Tunin! abração,chica

CARLA STOPA disse...

Eu amo o barulho da chuva, sempre gostei...E quando criança sempre brincava com ela...Me fez lembrar a infância também meu amigo...

Vivian disse...

Bom dia,Tunin!!

Bela poesia!!
Bom sentir o barulho da chuva...relembrar!!
É ótimo!
**Desejo-lhe uma Feliz Páscoa!!
Beijos!!

Sônia Silvino disse...

Antonio querido!
Eu adoro um dia de chuva, cheiro de terra molhada, os pingos batendo nas vidraças...
Beijos, muitos!
Uma linda Páscoa para você!