Seguidores

Loading...

segunda-feira, 11 de abril de 2011

MÃOS

do google
Mãos que apalpam o oprimido,
Que oferecem e levam justiça
Para aquele esquecido,
Vítima da reles cobiça.

Mãos que plantam e regam,
A semente que vai morrer.
Que sustentam e protegem,
A planta que dela vai nascer.

Mãos que não se estendem ao mal,
Não magoam nem condenam o outro,
Aprimoram e defendem a moral,
Amparam e trazem consolo.       

Mãos abertas para educar,
Seja o leigo ou professor.
Sempre dispostas a ajudar,
Para acalmar a sua dor.

Mãos abertas de alegria,
Que edifica não destrói.
Trazem  afago à própria vida,
Tudo faz,  tudo constrói


Mãos que firme seguram,
O coração do sofredor.
Que salvam e curam,
São as mãos do Redentor.


10 comentários:

✿ chica disse...

Mãos maravilhosas que cuidam e salvam...

LINDO poema,Tunin!

Bela inspiração! abração,linda semana!chica

Anne Lieri disse...

Tunin,lindo,lindo seu poema!Que grande emoção em seus sensiveis versos!Amei de coração!Bjs,

Daniele Barizon disse...

De mãos boas, amigo, bem estamos precisados nestes momentos de tristeza, em que mãos tão covardemente ceifam a vida de crianças indefesas.

Bjs!!

SIMASCAVALCANTI disse...

Belo poema, grande inspiração!
Beijos Mare

SIMASCAVALCANTI disse...

Beto:
Não sei o que aconteceu, meu comentário saiu como se fosse de Nelson!

Carla Fernanda disse...

Maravilhosas mãos que sairam do seu grande coração.
Parabéns Tunin!!
Beijos!

CARLA STOPA disse...

Mãos...Estendidas para salvar a esperança...

Vinicius.C disse...

Bom dia meu amigo!!

Quero me desculpar por ter ficado ausente, eu estava viajando!

Agora estou de volta e colocando tudo em seu lugar!... rs

Bom que você tenha um ótimo dia!!

Te espero no Alma!!Abraços!

Mare disse...

Alô meu querido Tunin, estás em recesso?
Saudades
Mare

JGCosta disse...

De fato O Redentor Vive a Nos Carregar em suas Mãos!

Belíssimo poema meu amigo!

Grande abraço renovado!