Seguidores

Loading...

domingo, 21 de agosto de 2011

O COLIBRI

imagem do google
Sentado no jardim estava,
Quando veio o colibri.
Batia as asas, e no ar, pairava,
Como se cumprimentasse a mim.

Sossego e alegria,
Vivi momentos ali.
Era um novo bom dia,
Que trazia o colibri.

Seu bico fino e faceiro,
Que a flor sabe beijar.
Elegante e brejeiro,
O amor para enfeitar.

De repente fez uma saudação,
Esvoaçante e fugiu.
No coração deixou o regozijo,
De um colibri que partiu.

8 comentários:

Vivian disse...

Bom dia,Tunin!!

Que encanto esta poesia!!!
Um presente este lindo colibri!!
Beijos pra ti!
Bom domingo!!

✿ chica disse...

Uma poesia doce e tão linda,Tunin! abração,lindo domingo,chica

Carla Fernanda disse...

E esse regozijo soubeste colocar perfeitamente em suas letras Tunin!!! Senti a fundo no coração a beleza do seu momento com o colibri... a vida é linda por estes pequenos deslumbramentos que enxergamos...
Beijos e bom domingo!
Carla

J Araújo disse...

Bom dia poeta Tunin. A poesia do colibri é encantadora. Parabéns amigo.

abraço

Ale Quejinho disse...

Que blog interessante, amei. Minha primeira vez por aqui.
Ale

Pepi disse...

Bichinho simpático o Colibri
Lindos versos, Tunin
Uma boa semana para você
Abração de
Verena e Bichinhos

ONG ALERTA disse...

Maravilhosas palavras e o passáro perfeito beijo Lisette.

Cantinho do Neno disse...

Olá, que bonita a poesia!!!
Adorei!!!!
Boa nova semana!!!

Bjs do Neno