Seguidores

Loading...

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

ROBÔ BEIJA-FLOR.

imagem do google.
Vi pela televisão,
Um robô beija-flor,
Objeto da imaginação
De um hábil inventor.

O modelo para no ar,
Numa bela imitação,
Parece querer saudar,
O pai da invenção.

Tem o aspecto do belo pássaro,
Porém sem o encanto fulgor,
Mesmo com o esmero  preparo,
Prefiro o meu natural beija-flor.

9 comentários:

✿ chica disse...

Tudo que é natural, sempre nos parece melhor...Lindo poema, Tunin! um abração,chica

Carla Fernanda disse...

Eu também prefiro e rezo para que estejam a salvo das garras insensíveis humanas que destroem tudo...
Tem uma espécie de beija-flor que é do tamando de uma abelha...é a coisa mais linda de se ver.
Beijos Tunin!
Carla

Vivian disse...

Bom dia,Tunin!!!

Lindo poema!!!também prefiro o natural...tem vida,tem alma!!!
Beijos pra ti!

Anne Lieri disse...

Tunin,esse robô pode ser muito interessante,mas realmente não substitui o beija flor de verdade,tão lindinho com seu bico,seu canto e suas asinhas legeiras...rss...linda sua poesia!Bjs,

Daniele Barizon disse...

Eu também prefiro, rsrsrs!!

Bjs!!

Sandra Puff disse...

A beleza compreende-se no simples...mas quem disse que é fácil ser simples?

Pepi disse...

Sou mais o beija-flor natural, Tunin
Seus versos me encantam
Lindos, como sempre
Beijos de
Verena e Bichinhos

Sônia Silvino disse...

Nada como o natural!
Amigo.... quero tanto te entrevistar...
Beijos, muitos!

Mare disse...

Bobos são os homens que não entendem que a beleza está na alma.
A vida é bela porque é dom de Deus Grande abraço
Mare